Secretaria Municipal de Educação de Camboriú

terça-feira, 4 outubro , 2022
some text

Secretaria Municipal de Educação de Camboriú

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

De 21 a 27/8 é comemorada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. A data foi instituída pela Lei nº 13.585/2.017 e visa conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas de organização social e de políticas públicas, tendo como finalidade promover a inclusão social no combate ao preconceito e a discriminação.
Em alusão à presente semana, a Secretaria de Educação de Camboriú desenvolveu conteúdos de conscientização sobre as deficiências para a comunidade em geral.
De acordo com dados contabilizados pela Equipe Pedagógica da SME, o Sistema de Ensino conta com cerca de 450 (quatrocentos e cinquenta) alunos matriculados na Educação Infantil e Ensino Fundamental.
Portanto, nessa semana, ressaltamos com muita honra, o inerente direito das pessoas com deficiência, no que tange ao Sistema de Ensino Inclusivo, em todos os níveis de aprendizado no decorrer da vida para oportunizar o alcance da autonomia, o desenvolvimento de habilidades físicas, sensoriais, sociais e intelectuais, respeitando assim, seus interesses e necessidades de aprendizagem.
Para darmos início à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, a intérprete Priscila dos Santos contextualizou a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, um direito linguístico adquirido pela comunidade surda no Brasil. Segundo a Lei n°10.436/2002, entende-se como Língua Brasileira de Sinais – Libras a forma de comunicação e expressão, constituída por um sistema linguístico de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, que constitui um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil.
Charlles Giovany Faqueti, Instrutor de Libras do Sistema de Ensino de Camboriú (SC), apresenta sua história de vida e as dificuldades encontradas por ele e por sua família com a meningite e depois, com a surdez. Conta também como foi a sua aproximação à LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais e seu processo de formação tanto em instituições formais, quanto especializadas.
O Sistema de Ensino de Camboriú possui 08 (oito) estudantes surdos, atualmente. Eles são atendidos pelo instrutor Charlles que, com sua fluência, experiência profissional e vivência pessoal desenvolve um trabalho especializado na aquisição da Língua Materna – Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.
Next Post

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist